25 de Abril

Ontem abriram as portas de mais uma edição da Feira do Livro de Lisboa. Por isso e por hoje ser 25 de Abril sugerimos um livro  escrito por um dos nossos autores preferidos da literatura infanto-juvenil, José Jorge Letria e ilustrado por José Pedro Costa.
Para falar de Abril, do 25 de Abril, aos mais novos – e não só – de entre várias as opções nas prateleiras das livrarias e bibliotecas, escolhemos “Capitães de Abril“, editado pela Ambar, que descreve assim esse dia:

“Na madrugada do dia 25 de Abril de 1974, o povo português recuperava a liberdade perdida 48 anos antes.
Essa liberdade foi-Ihe devolvida por um grupo de jovens oficiais – os Capitães de Abril – que, cansados da guerra em Africa e da falta de democracia, decidiram pôr termo a décadas de medo e silêncio. O 25 de Abril foi uma revolução pacífica e um tempo de festa que, quem o viveu, nunca mais pôde esquecer. Os valores e os princípios em nome dos quais foi feito continuam a ser válidos nos dias de hoje e, por isso, devem ser transmitidos às gerações mais jovens.
0 25 de Abril é, antes de qualquer outra coisa, sinónimo de liberdade, de democracia, de tolerância e de modernização do país. Assim, deve ser entendido, lembrado e cumprido no futuro. “