Rostos da Central e Vestígios – Memórias da antiga carpintaria da Central Tejo, no Museu da Electricidade

Os Rostos da Central fazem parte da exposição permanente do Museu da Electricidade e levam-nos ao momento em que a Central Tejo se encontrava em pleno funcionamento. Esta é uma excepcional exposição de fotografia, de onde se destaca o trabalho de Kurt Pinto, e que conta ainda com os depoimentos dos antigos trabalhadores desta fábrica masculina.

“Vejamos portanto os trabalhadores/pessoas nesta exposição, detalhadamente escrutinemos as fotografias, prestando-lhes a obrigatória e atrasada homenagem pelo permanente desafio de levar electricidade a Lisboa, para que esta crescesse, para que o comércio e a indústria se desenvolvessem, para que as habitações, as escolas, os hospitais se ligassem à rede e, sobre esta, não só a lâmpada se ligasse mas também electrodomésticos e equipamento médico que de uma forma notável melhoraram a vida de todos.”

A par desta, e até 17 de Julho, poderá também ver a exposição Vestígios, da autoria de Luís Campos, que nos transporta para a antiga carpintaria da  Central Tejo apresentando “as últimas imagens de um espaço que será demolido no âmbito do projeto de construção do novo centro cultural da fundação EDP.”

Para saber mais espreite aqui.

2 thoughts on “Rostos da Central e Vestígios – Memórias da antiga carpintaria da Central Tejo, no Museu da Electricidade

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s